Carta de Serviços

Para acessar a Carta em PDF - Clique aqui

 

 

A Carta de Serviços ao Cidadão informa os cidadãos sobre quais os serviços prestados pelos órgãos e entidades da Administração Municipal, como acessar e obter esses serviços e quais são os compromissos de atendimento estabelecidos. A partir da transparência, a Carta de Serviços se apresenta como instrumento educativo e elucidativo.

Você pode conferir as Cartas de Serviços ao Cidadão através do Quadro de Anexos (abaixo) ou clicando nos links abaixo:

 

Apresentação da Carta de Serviços ao Usuário

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Administração

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Indústria e Comércio

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Assistência Social Trabalho e Habitação

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Educação Cultura e Turismo

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Esporte e Lazer

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Finanças

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Ação Urbanas Obras e Transportes

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente

Carta de Serviços ao Cidadão - Secretaria de Saúde

 

CARTA DE SERVIÇOS 

 

Prefeito

Kelton Pinheiro

Vice-Prefeito             

Antônio das Graças Filho

Secretaria Municipal Administração

Keyla Pinheiro Faleiro

Secretaria Municipal de Finanças

Keyla Pinheiro Faleiro

Secretaria de Educação Cultura e Turismo

Gleicy Leonel Silva

Secretaria Municipal de Saúde

Wesley Alves Quinta

Secretaria de Ação Urbana Obras de Transportes

Jonas das Graças Filho

Secretaria Municipal Esportes e Lazer

Douglas Vitor Diniz de Amorim

Secretaria Municipal de Assistência Social Trabalho e Habitação

Wélida Tomaz de Faria Pinheiro

Secretaria Municipal de Industria e Comércio

Welksson Jesus Moura

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente

Ricardo Ferreira Bezerra das Graças

Secretaria Municipal de Compras e Licitações

João Paulo Evangelista Pinheiro        

Secretaria Municipal de Comunicação e Eventos

Walter Vieira

Controladoria Geral do Município

Rafael de Souza Pádua

 

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

 

1-  Seção de Informações ao Cidadão, Protocolo e Arquivo

 

1.1- O que é o serviço?

Disponibilizar informações de gestão pública referente aos órgãos e entidades do Poder Executivo Municipal por meio do Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (E-SIC). O sistema permite o upload de arquivos em PDF e/ou imagem em JPG. Atendimento da Lei de Acesso à Informação (Lei Federal nº 12.527/2011 e Lei Complementar Lei Municipal n° 741/2019).

 

1.2- Requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço:

Os pedidos de acesso à informação de que trata a Lei n° 12.527/2011 poderão ser criados diretamente pelo usuário através de link específico existente no site da Prefeitura Municipal http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/sic

 

1.3- Canais de comunicação:                                                                           

            Telefone: (62) 3334-1144

            E-mail: adm.bonfinopolis@gmail.com

            Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.

 

1.4- Previsão de Prazo Máximo para Prestação do Serviço:

- Informações solicitadas via SIC (Serviço de Informação ao Cidadão): 20 dias prorrogáveis por mais 10, conforme a necessidade.

- Atendimento geral ao cidadão e protocolo de documentos: de imediato, respeitando-se apenas o tempo de espera para atendimento de até 20 minutos.

 

1.5- Mecanismos de Consulta:

A consulta do andamento das solicitações originadas via SIC poderão ser acompanhadas através de um protocolo gerado no momento da criação da solicitação ou através de contato pelos canais de comunicação disponibilizados.

 

2- Serviço de Ouvidoria

 

2.1- O que é o serviço?

A ouvidoria tem como objetivo auxiliar na melhoria dos serviços prestados pelo município, promover a transparência, promover a participação do cidadão na administração pública, analisar e encaminhar as manifestações dos cidadãos aos órgãos responsáveis, entre outras responsabilidades é o que cita a Lei Complementar Municipal n° 741/2019, o sistema de ouvidoria da Prefeitura de Bonfinópolis-GO permite que qualquer pessoa, física ou jurídica, encaminhe manifestações para órgãos e entidades do poder Executivo.

 

2.2- Requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço:

As manifestações via Serviço de Ouvidoria poderão ser criadas diretamente pelo usuário através de link específico existente no site da Prefeitura Municipal http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/sugestao ou através de identificação e preenchimento de formulário/requerimento, conforme orientação fornecida pelo setor de Protocolo.

 

2.3- Etapas do Processo:

-Ligar para o número telefônico (62) 3334-1144, enviar e-mail para: adm.bonfinopolis@gmail.com  atendimento presencial: das 07h00 às 11:00h e das 13:00 as 17h00 na sala do E-SIC.

-Expor sua manifestação de forma clara, objetiva e concisa.

-Anotar o protocolo para acompanhamento.

 

2.4- Canais de comunicação:

Telefone: (62) 3334-1144

E-mail: adm.bonfinopolis@gmail.com 

Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.

 

2.5- Previsão de Prazo Máximo para Prestação do Serviço:

30 dias prorrogáveis por mais 30, conforme a necessidade.

 

2.6- Mecanismos de Consulta:

A consulta do andamento das solicitações originadas via Ouvidoria poderá ser acompanhada através de um protocolo gerado no momento da criação da solicitação ou através de contato pelos canais de comunicação disponibilizados.

 

2.7- Manifestação do Usuário:

Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

SECRETARIA DE INDÚSTRIA E COMÉRCIO

 

1- Sala do Microempreendedor     

 

1.1- O que é o serviço?
É o local de atendimento dentro da prefeitura que facilita os processos de abertura de empresas, regularização e baixa; bem como serviços exclusivos aos Microempreenderes Individuais (MEI).


1.2- Quais os requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço?
Os documentos pessoais e da Empresa.


1.3- Quais os principais serviços?
-Planejamento de um novo negócio, identificação do perfil;
-Formalização para MEI;
-Alteração, declaração anual, impressão de boletos e baixa para MEI;
-Gerenciamento de empresa
-Como vender para Órgãos Públicos.

 

1.4- Canais de comunicação:
Telefone: (62) 3334-1144
E-mail: desenvolvimento@bonfinopolis.go.gov.br 
Presencial: Prédio da Prefeitura Municipal, situado a Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.


1.5- Taxas e Preços:
Gratuito.


1.6- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

2- Atendimento pelo ADL- Agente de Desenvolvimento Local

 

2.1- O que é o serviço?

O serviço de atendimento pelo ADL, tem a atribuição de articular ações públicas para promoção do desenvolvimento local e territorial, mediante ações locais ou comunitárias, fazendo valer a Lei Geral da Micro e Pequenas Empresa bem como orientar os interessados as agências de fomento


2.2- Quais os requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço?
Os documentos pessoais e da Empresa.


2.3- Quais os principais serviços?
-Plano de negócio;
-Microcrédito;
-Balcão SEBRAE
-Cursos e Minicursos (SENAR)

 

2.4- Canais de comunicação:
Telefone: (62) 3334-1144
E-mail: desenvolvimento@bonfinopolis.go.gov.br
Presencial: Prédio da Prefeitura Municipal, situado a Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.


2.5- Taxas e Preços:
Gratuito.


2.6- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL TRABALHO E HABITAÇÃO

 A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação de Bonfinópolis, é de pequeno porte II, e conta com a Proteção Social Básica e a Proteção Social Especial.

 

  1. Proteção Social Básica

 

1.1- O que é o serviço?

A Proteção Social Básica é o conjunto de serviços, programas, projetos e benefícios da assistência social estruturados para prevenir situações de vulnerabilidade e risco social, buscando a inserção de famílias e indivíduos na rede socioassistencial e em outras políticas setoriais, visando ao fortalecimento de vínculos familiares e comunitários e a superação dessas situações.

Dentre alguns dos elementos de vulnerabilidade, a NOBSUAS aponta questões relacionadas à precariedade de infraestrutura; presença de crianças e adolescentes, idosos e pessoas com deficiência em famílias com renda até meio salário mínimo, responsáveis analfabetos ou com baixa escolaridade e mulheres chefes de famílias sem cônjuge, famílias com responsáveis desempregados, família em situação de trabalho infantil ou com presença de crianças e adolescentes em idade escolar obrigatória fora da escola, dentre outros.

 

1.2- Objetivo do programa Proteção Social Básica:

Tem como objetivo prevenir situações de risco por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. Destina- se à população que vive em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação (ausência de renda, precário ou nulo acesso aos serviços públicos, dentre outros) e/ou fragilização de vínculos afetivos - relacionais e de pertencimento social (discriminações etárias, étnicas, de gênero ou por deficiências, dentre outras).

 

A Proteção Social Básica tem como porta de entrada do Sistema Único da Assistência Social os Centros de Referência de Assistência Social - CRAS.

O público alvo dos CRAS são famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social, pessoas com deficiência, idosos, crianças retiradas do trabalho infantil, pessoas inseridas no Cadastro Único, beneficiários do Programa Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

 

1.3- O que é o CRAS?

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é a porta de entrada da assistência social. Trata-se de uma unidade pública municipal, integrante do SUAS, localizado em áreas com maiores índices de vulnerabilidade e risco social, destinado à prestação de serviços socioassistenciais de proteção social básica às famílias e indivíduos, e à articulação destes serviços no seu território de abrangência, e uma atuação intersetorial na perspectiva de potencializar a proteção social.

 

1.4- Quais são os Serviço de Proteção e Atenção Integral à Família-PAIF?

Ofertado necessariamente no CRAS, de caráter continuado, com a finalidade de fortalecer a função protetiva das famílias, prevenir a ruptura de seus vínculos e a violência no âmbito de suas relações, garantindo o direito à convivência familiar e comunitária.

 

1.5- Quais são os objetivos do PAIF?

- Ofertar ações socioassistenciais de prestação continuada, por meio do trabalho social com famílias em situação de vulnerabilidade social e tem como objetivos:

- Fortalecer a função protetiva da família, contribuindo na melhoria da sua qualidade de vida;

- Prevenir a ruptura dos vínculos familiares e comunitários, possibilitando a superação de situações de fragilidade social vivenciadas;

- Promover aquisições sociais e materiais às famílias, potencializando o protagonismo e a autonomia das famílias e comunidades;

- Promover o acesso a benefícios, programas de transferência de renda e serviços socioassistenciais, contribuindo para a inserção das famílias na rede de proteção social de assistência social;

- Promover acesso aos demais serviços setoriais, contribuindo para o usufruto de direitos; Apoiar famílias que possuem, dentre seus membros, indivíduos que necessitam de cuidados, por meio da promoção de espaços coletivos de escuta e troca de vivências familiares.

 

1.6- Quem são os usuários do PAIF?

Constituem usuários do PAIF as famílias territorialmente referenciadas ao CRAS, em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, do precário ou nulo acesso aos serviços públicos, da fragilização de vínculos de pertencimento e sociabilidade e/ou qualquer outra situação de vulnerabilidade e risco social.

 

1.7- São prioridades as seguintes situações consideradas de maior vulnerabilidade social:

- Famílias vivendo em territórios com nulo ou frágil acesso à saúde, à educação e aos demais direitos, em especial famílias monoparentais chefiadas por mulheres, com filhos ou dependentes;

- Famílias provenientes de outras regiões, sem núcleo familiar e comunitário local, com restrita rede social e sem acesso a serviços e benefícios socioassistenciais;

- Famílias recém-retiradas de seu território de origem, em função da implementação de empreendimentos com impactos ambientais e sociais; Famílias com moradia precária (sem instalações elétricas ou rede de esgoto, com espaço muito reduzido, em áreas com risco de deslizamento, vivenciando situações declaradas de calamidade pública, dentre outras);

- Famílias vivendo em territórios com conflitos fundiários (indígenas, quilombolas, extrativistas, dentre outros);

- Famílias pertencentes aos povos e comunidades tradicionais (indígenas, quilombolas, ciganos e outros);

- Famílias ou indivíduos com vivência de discriminação (étnico-raciais e culturais, etárias, de gênero, por orientação sexual, por deficiência e outras); 

- Famílias vivendo em contextos de extrema violência (áreas com forte presença do crime organizado, tráfico de drogas, dentre outros);

- Famílias que enfrentam o desemprego, sem renda ou renda precária com dificuldades para prover o sustento dos seus membros;

- Famílias com criança(s) e/ou adolescente(s) que fica(m) sozinho(s) em casa, ou sob o cuidado de outras crianças, ou passa(m) muito tempo na rua, na casa de vizinhos, devido à ausência de serviços socioassistenciais, de educação, cultura, lazer e de apoio à família;

- Família que entregou criança/adolescente em adoção; 

- Família com integrante que apresenta problemas de saúde que demandam do grupo familiar proteção e/ou apoios e/ou cuidados especiais (transtornos mentais, doenças crônicas etc).

 

1.8- Quais as ações que compõem o PAIF?

Podem ser de caráter individual ou coletivo.

Acolhida;

Oficinas com famílias;

Ações comunitárias;

Ações particularizadas;

Encaminhamentos.

 

(Caderno de Orientações do PAIF – Vol. 2).

 

1.9- Como ter acesso às ações do PAIF?

São quatro as formas de acesso ao PAIF descritas pela Tipificação. Destaca-se dentre tais formas de acesso à busca ativa, pois é por meio dela que o PAIF consegue operacionalizar de modo mais efetivo a sua função protetiva e preventiva nos territórios, visto que é capaz de antecipar a ocorrência de situações de vulnerabilidade e risco social e não somente reagir passivamente às demandas apresentadas pelas famílias. (Tipificação Nacional de Serviços Socioassistenciais). 

Por procura espontânea;

Por busca ativa;

Por encaminhamento da rede socioassistencial;

Por encaminhamento das demais políticas públicas.

 

2- SCFV- Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

De caráter preventivo e proativo, realizado em grupos, de modo a garantir aquisições progressivas aos seus usuários, de acordo com seu ciclo de vida. Destina-se a crianças, adolescentes, idosos em situação de vulnerabilidade.

 

2.1- Quem pode participar?

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos pode ser oferecido a crianças de zero a seis anos; a crianças e adolescentes de seis a 15 anos; a adolescentes de 15 a 17 anos; a jovens de 18 a 29 anos; a adultos de 30 a 59 anos e a idosos a partir de 60 anos em situação de vulnerabilidade social pela fragilização de vínculos familiares e sociais, pela ausência de acesso ou, precariedade na oferta de serviços de oportunidade de convívio familiar e comunitário, em especial aqueles cujas famílias sejam beneficiárias do BPC e de programas de transferência de renda, além dos encaminhados pelos serviços da proteção social especial. O público prioritário para o atendimento no SCFV, de acordo com a Resolução CNAS nº 1/2013 são crianças, adolescentes e idosos nas seguintes situações:

- em situação de isolamento;
- em trabalho infantil;
- com vivência de violência e negligência;
- fora da escola ou com defasagem escolar superior a dois anos; em situação de acolhimento;
- em cumprimento de medida; em situação de rua;
- com vulnerabilidade que diz respeito às pessoas com deficiência.

 

2.2- Serviço de Proteção Social Básica no Domicílio para Pessoas com Deficiência e Idosas:

Tem a finalidade de prevenir os agravos que possam provocar o rompimento de vínculos familiares e sociais dos usuários. Visa a garantia de direitos, o desenvolvimento de mecanismos para a inclusão, a equiparação de oportunidades e a participação e o desenvolvimento das pessoas com deficiência e pessoas idosas, a partir de suas necessidades e potencialidades individuais e sociais.

 

3- Criança Feliz

Lançado em 2016, o Programa Criança Feliz é uma iniciativa do Governo Federal para ampliar a rede de atenção e o cuidado integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida.

 

3.1- O que é ?

O Criança Feliz é um programa que tem o objetivo de apoiar e acompanhar o desenvolvimento infantil integral na primeira infância (crianças de 0 a 6 anos de idade) e facilitar o acesso da gestante, das crianças na primeira infância e de suas famílias às políticas e aos serviços públicos que necessitam. O Programa se desenvolve por meio de visitas domiciliares que buscam envolver ações de saúde, educação, assistência social, cultura e direitos humanos.

O Programa estimula a responsabilidade dos adultos que são referência para a criança no seu dia-a-dia, que relacionam-se diretamente com ela, estabelecendo os vínculos afetivos mais próximos durante os seus primeiros anos de vida. O Programa promove também o fortalecimento do papel das famílias no cuidado, na proteção e na educação das crianças na primeira infância e encoraja o desenvolvimento de atividades lúdicas envolvendo outros membros da família.

 

3.2- Quem pode participar?

São públicos prioritários do Criança Feliz:

*Gestantes, crianças de até três anos beneficiárias do Programa Bolsa Família e suas famílias;

*Crianças de até seis anos beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e suas famílias;

*Crianças de até seis anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medida de proteção prevista no art. 101 da Lei nº 8.609, de 13 de julho de 1990, e suas famílias.

 

4- Bolsa Familia

O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde

 

4.1- O que é?

É um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

 

4.2- Quem pode participar?

-A população alvo do programa é constituída por famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza.

-As famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa. As famílias pobres são aquelas que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa.

-As famílias pobres participam do programa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.

-Para se candidatar ao programa, é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com seus dados atualizados há menos de 2 anos.

-Caso atenda aos requisitos de renda e não esteja inscrito, procure o responsável pelo Programa Bolsa Família na prefeitura de sua cidade para se inscrever no Cadastro Único.

-Mantenha seus dados sempre atualizados informando à prefeitura qualquer mudança de endereço e telefone de contato e modificações na constituição de sua família, como nascimento, morte, casamento, separação, adoção, etc.

-O cadastramento é um pré-requisito, mas não implica na entrada imediata das famílias no Programa, nem no recebimento do benefício. Mensalmente, o MDS– Ministério do Desenvolvimento Social seleciona de forma automatizada as famílias que serão incluídas para receber o benefício.

 

4.3- Canais de comunicação:

E-mail: acaosocialbnf@gmail.com 

Telefone: (62) 3334-1088

Presencial: Rua do contorno, quadra 11, jardim ana amélia- Bonfinópolis GO.

Responsável coordenador: Hélio Pereira Fernandes 

 

5- Serviço de Proteção Social Especial

-A Proteção Social Especial (PSE) organiza a oferta de serviços, programas e projetos de caráter especializado, que tem por objetivo contribuir para a reconstrução de vínculos familiares e comunitários, o fortalecimento de potencialidades e aquisições e a proteção de famílias e indivíduos para o enfrentamento das situações de risco pessoal e social, por violação de direitos.

-A PSE, por meio de programas, projetos e serviços especializados de caráter continuado, promove a potencialização de recursos para a superação e prevenção do agravamento de situações de risco pessoal e social, por violação de direitos, tais como: violência física, psicológica, negligência, abandono, violência sexual (abuso e exploração), situação de rua, trabalho infantil, práticas de ato infracional, fragilização ou rompimento de vínculos, afastamento do convívio familiar, dentre outras.

-As ações desenvolvidas na PSE devem ter centralidade na família e como pressuposto o fortalecimento e o resgate de vínculos familiares e comunitários, ou a construção de novasreferências, quando for o caso.

 

5.1- Onde este serviço deve ser ofertado?

Este serviço deve ser ofertado exclusivamente no CREAS e deverá funcionar no período mínimo de cinco dias por semana, oito horas diárias, com possibilidade de operar em feriados e finais de semana.

 

5.2- O que é o CREAS?

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) é uma unidade pública da política de Assistência Social onde são atendidas famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados.

 

6- Serviço de Proteção e Atendimento Especializado à Famílias e Indivuos -PAEFI

O serviço deve ser ofertado, obrigatoriamente, no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). O Paefi é um serviço de orientação e acompanhamento de famílias que possuem um ou mais indivíduos em situação de vulnerabilidade, como ameaça ou violação de direitos.  O objetivo é preservar e fortalecer os vínculos familiares e com a comunidade e fortalecer a função protetiva das famílias.

 

6.1- Quais são os objetivos do PAEFI?

-Contribuir para o fortalecimento da família no seu papel de proteção;

-Incluir famílias no sistema de proteção social e nos serviços públicos;

-Contribuir para acabar com as violações de direitos na família;

-Prevenir a reincidência de violações de direitos;

-Contribuir para restaurar e preservar a integridade e as condições de autonomia dos usuários;

-Contribuir para a reparação de danos e da incidência de violação de direitos;

 

6.2- Quem são os usuários do PAEFI?

Os usuários deste serviço são famílias e indivíduos que vivenciam violações de direitos por ocorrência de:

-Violência Física, psicológica e negligência;

-Violência Sexual: abuso e/ou exploração sexual;

-Afastamento do convívio familiar devido à aplicação de medidas sócioeducativas ou medidas de proteção;

-Tráficos de pessoas;

-Situação de rua e mendicância;

-Abandono;

-Vivência de trabalho infantil;

-Discriminação em decorrência da orientação sexual e/ou raça/etnia;

-Outras formas de violação de direitos decorrentes de discriminação/submissões a situações que provocam danos e agravos a sua condição de vida e os impedem de usufruir autonomia e bem estar;

-Descumprimento de condicionalidades do PBF e do SCFV em decorrência da violação de direitos.

 

6.3- Quais as ações que compõem o PAEFI?

-Entrevistas de acolhida e avaliação inicial;
-Atendimento psicossocial (individual, familiar e em grupo);
-Construção do Plano de Atendimento;
-Orientação jurídico-social;
-Elaboração de relatórios técnicos sobre o acompanhamento realizado;
-Ações de mobilização e enfrentamento;
-Acompanhamento dos encaminhamentos;
-Visita domiciliar, quando necessário;
-Articulação com a rede. (Caderno de Orientações do PAIF – Vol. 2).

 

6.4- Como ter acesso às ações do PAEFI?

Condições de acesso: Famílias e indivíduos que vivenciam violação de direitos.
Formas de acesso: Por identificação e encaminhamento dos serviços de proteção e vigilância social;
Por encaminhamento de outros serviços sócio assistenciais, das demais políticas públicas setoriais, dos demais órgãos do Sistema de Garantia de Direitos e do Sistema
de Segurança Pública;
Por demanda espontânea.

 

6.5- Canais de Comunicação:

E-mail: acaosocialbnf@gmail.com
Telefone: (62) 3334-1063
Presencial: Rua contorno Setor Jardim Ana Amélia (antigo hospital) Bonfinópolis-GO.
Responsável coordenadora: Monique Lemes Nascimento


6.6- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CULTURA E TURISMO

 

1- Transporte Municipal Estudantil.

 

1.1- Público-alvo?

Alunos residentes na área rural do município de Bonfinópolis e que, portanto, precisam do serviço público de transporte escolar para ter acesso à educação.

 

1.2- Área Responsável?

Secretaria Municipal de Educação.

 

1.3- O que é o Serviço?

Trata-se da disponibilização de transporte escolar público e de qualidade a todos os estudantes residentes na área rural. O serviço é realizado em parte através da frota própria do município.

 

1.4- Quem pode solicitar?

Toda família com filhos em idade escolar que reside em área rural. O município é obrigado por Lei a atender a toda demanda oficializada na Secretaria Municipal de Educação. Só lembrando que a Lei Federal estabelece o máximo de 2 km que seriam de responsabilidade dos pais, porém em nosso município tentamos pegar e entregar as crianças o mais próximo possível de suas casas, exceto quando as condições climáticas impossibilitam o acesso.

 

1.5- Quando solicitar?

A qualquer momento. Caso uma família tenha que se mudar para a Zona Rural ou mudar de Fazenda basta comunicar a Secretaria Municipal para que seja realizado mapeamento para apurar qual Linha irá atender de forma mais rápida e eficaz as crianças e ou jovens a serem atendidos.

 

1.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

Telefone: (62) 33341144 / (62) 33341826

E-mail: educacaobonfinopolis.go@gmail.com 

Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.

 

1.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

Comprovante de matrícula, Nome da localidade para facilitar a localização, documentos pessoais dos alunos e dos pais e/ou responsáveis.

 

1.8- Prazo para prestação do serviço?

Após a oficialização do pedido de inclusão de um novo aluno na rede de transporte escolar o prazo máximo é de um dia. No mesmo dia entramos em contato com os motoristas para identificar qual o melhor trajeto para os alunos a serem atendidos.

 

1.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?

-Solicitação do serviço por parte dos responsáveis

-Preenchimento da ficha de usuário do transporte

-Comprovante de Matrícula e documentos pessoais

 

1.10- Taxas e Preços? 

Não é cobrada nenhuma taxa pelos serviços, sendo uma responsabilidade do município, do Estado e da União.

 

2- Merenda escolar – alimentação saudável

 

2.1- Público-alvo?

Crianças, jovens e adultos atendidos pela rede pública municipal de ensino.

 

2.2- Área Responsável?

Secretaria Municipal de Educação

 

2.3- O que é o Serviço?

Trata-se da oferta de merenda de qualidade, supervisionada por profissional capacitado na área (nutricionista), visando garantir o sustento das necessidades do público alvo enquanto estes estiverem sob a responsabilidade das escolas.

 

2.4- Quem pode solicitar?

Não há necessidade de solicitação. Todos os anos a Secretaria faz a solicitação de processo licitatório para aquisição de gêneros alimentícios, respeitando as necessidades especiais de todos os alunos, com base no quantitativo de alunos do ano anterior. Porém se for constatada a necessidade de aumento ainda há a possibilidade, resguardada por lei de Aditivar os contratos das empresas vencedores em até 25% (vinte e cinco por cento) para garantir o atendimento à todos, sem distinção, sendo que 30% do recurso recebido por parte do Governo Federal é adquiridos produtos produzidos pela agricultura familiar.

 

2.5- Quando solicitar?

A Secretaria Municipal de Educação faz as solicitações geralmente a partir do mês outubro do não corrente, objetivando evitar atrasos na liberação antes do início do ano letivo seguinte.

 

2.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?
-Solicitação do serviço por parte dos responsáveis
-Preenchimento da ficha de usuário do transporte
-Comprovante de Matrícula e documentos pessoais

 

2.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?
Estar devidamente matriculado e frequente às aulas na rede pública de ensino.

 

2.8- Prazo para prestação do serviço?
Desde o início do ano letivo até o seu término, que pode variar ano a ano em função de alterações no calendário escolar, porém não podendo ser inferior à 200(duzentos) dias letivos.


2.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?
-Realização do pedido de licitação por parte da Secretaria Municipal de Educação
-Realização do processo licitatório
-Homologação dos fornecedores com melhores ofertas
-Efetivação dos contratos
-Compra dos gêneros alimentícios necessários para garantir o pleno rendimento dos alunos atendidos pela rede.


2.10- Taxas e Preços?
Os preços variam anualmente, em virtude da inflação e de vários outros fatores que influenciam num processo licitatório, desde número de participantes, garantia de manutenção de preços etc.


2.10- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

3- Acesso à Biblioteca

 

3.1- O que é o serviço?

A Biblioteca Municipal Esaú do Carmo Lima oferece serviço à comunidade com acesso a um acervo de livros literários e coleções, além de enciclopédias, em ambiente arejado inserido dentro de uma temática ambiental por esta localizada dentro do Parque Ecológico Municipal.


3.2- Quais os requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço?
Os interessados devem procurar o CCT- Centro de Cultura e Turismo Darcy Rodrigues, situado a Rua Bela Vista com a Rua Benevides Borges, Bonfinópolis-GO, portando todos os documentos pessoais e comprovante de endereço para preenchimento de ficha cadastral.


3.3- Principais Etapas do Serviço
O usuário além de ter acesso ao acervo da biblioteca para leitura no local, poderá levar o livro consigo emprestado por até 7 dias.


3.4- Canais de comunicação:
Telefone: (62) 3334-1144
E-mail: cultura@bonfinopolis.go.gov.br  
Presencial: Centro de Cultura e Turismo de Bonfinópolis, situado a Rua Bela Vista com a rua Benevides Borges, saída para a cidade de Caldazinha-GO.


3.5- Taxas e Preços:
Gratuito.


3.6- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

SECRETARIA DE ESPORTE E LAZER

Projetos Esportivos do Município

 

1.1- Projeto bom na escola, bom de bola.


1.2- O que é o Projeto?
É um Projeto que visa atender as crianças e os adolescentes do município, promovendo a prática desportiva e buscando a interação entre o esporte e a educação dos alunos.


1.3- Quem pode participar?
Crianças entre 7 a 12 anos de idade.
Adolescentes entre 12 a 17 anos de idade


1.4- Quais os documentos necessários para se inscrever?
Todos os documentos pessoais do aluno e responsável legal.


1.5- Canais de comunicação:
Telefone: (62) 98498-2400
Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.



2- Projeto Núcleo de Artes Marciais

 

1.2- O que é o Projeto?
É um Projeto que visa atender jovens, adolescentes e adultos do município, com o objetivo de desenvolver em seus praticantes a defesa pessoal e a prática desportiva.

 

1.3- Quem pode participar?
Crianças entre 7 a 12 anos de idade.
Adolescentes entre 12 a 17 anos de idade
Adultos entre 18 a 65 anos

 

1.4- Quais os documentos necessários para se inscrever?
Todos os documentos pessoais do praticante, se o praticante for menor de idade será necessário os documentos pessoal do responsável.


1.5- Canais de comunicação:
Telefone: (62)98498-2400
Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.


1.6- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

SECRETARIA DE FINANÇAS

 

1- Emissão de Guias de Imposto

 

1.1- O que é o serviço?
O serviço consiste em emissão de boletos com código de barras para pagamento de taxas e impostos municipais.


1.2- Requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço:
O solicitante deverá comparecer munidos dos documentos pessoas, CPF ou CNPJ.


1.3- Principais Etapas do Serviço
Cadastramento
Emissão de DUAM


1.4- Canais de comunicação:
Telefone: (62) 3334-1144 ramal: 22
E-mail: coletoriabonfinopolis@gmail.com  
Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.


1.5- Previsão de Prazo Máximo para Prestação do Serviço:
Até 24 horas após a solicitação.


1.6- Formas de prestação:
O solicitante deverá comparecer no prédio da Prefeitura de Bonfinópolis-GO no departamento de Arrecadação (COLETORIA) ou via E-mail.


1.7- Taxas e Preços:
A taxa de serviço varia de acordo com a solicitação do serviço.

 

2- Emissão de notas fiscais avulsas e cadastramento de notas fiscais eletrônicas

 

2.1- O que é o serviço?

A emissão de notas fiscais avulsas é utilizada por prestadores de serviços que não possuem cadastro econômico (CPF).

O cadastramento de notas fiscais eletrônicas é realizado por prestador com o cadastro econômico (CNPJ).


2.3- Requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço
O solicitante deverá comparecer munidos dos documentos pessoas, CPF ou CNPJ.


2.4- Principais Etapas do Serviço
Cadastramento
Emissão das notas fiscais


2.5- Canais de comunicação:
Telefone: (62) 3334-1144 ramal: 22
E-mail: coletoriabonfinopolis@gmail.com 
Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.


2.6- Previsão de Prazo Máximo para Prestação do Serviço:
Até 24 horas para emissão da nota fiscal eletrônica e 60 minutos para emissão da nota fiscal avulsa.

 

2.7- Formas de prestação:
O solicitante deverá comparecer no prédio da Prefeitura de Bonfinópolis-GO no departamento de Arrecadação (COLETORIA) ou via E-mail.


2.8- Taxas e Preços:
O valor é gerado de acordo com a porcentagem da nota fiscal.

 

SECRETARIA DE AÇÃO URBANAS OBRAS E TRANSPORTES

 

1- Manutenção de Iluminação Pública

 

1.1- O que é o serviço?
O serviço consiste em melhorar a qualidade da iluminação pública e ampliar os pontos de alimentação procurando sempre corrigir as eventuais falhas no atendimento.


1.2- Requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço
Documentos pessoais e endereço onde deverá ser realizado o serviço.


1.3- Principais Etapas do Serviço
-Solicitação
-Análise pelo Técnico
-Compra do material
-Execução do serviço


1.4- Canais de comunicação:
Telefone “DISK ILUMINAÇÃO”: (62) 99537-3841- WhatsApp
E-mail: transportes@bonfinopolis.go.gov.br 
Presencial: Rua São Paulo esquina com a Rua Goiás, Setor Juliana- Bonfinópolis- GO.


1.5 Previsão de Prazo Máximo para Prestação do Serviço:
Até 72 horas ou 3 dias úteis após o planejamento.


1.6 Formas de prestação:
O solicitante deverá entrar em contato através do telefone do “DISK ILUMINAÇÃO” e solicitar o serviço, ou comparecer até a Secretaria de Ação Urbana Obras e Transportes.

 

2- Manutenção e Recuperação do Asfalto (Tapa-Buraco)

 

2.2- Requisitos, Documentos e Informações necessárias para acessar o serviço
Documentos pessoais


2.3- Principais Etapas do Serviço
-Solicitação;
-Planejamento por parte da Secretaria;
-Execução do serviço.


2.4- Canais de comunicação:
Telefone: (62) 3334- 1826
E-mail: transportes@bonfinopolis.go.gov.br 
Presencial: Rua São Paulo esquina com a Rua Goiás, Setor Juliana- Bonfinópolis- GO.


2.5- Previsão de Prazo Máximo para Prestação do Serviço:
Até 72 horas ou 3 dias úteis após o planejamento.


2.6- Formas de prestação:
O solicitante deverá entrar em contato com os meios de comunicação da prefeitura ou entrar em contado com a Secretaria de Ação Urbana Obras e Transportes.


2.7- Taxas e Preços:
Não é cobrado taxa específica, pois o contribuinte já paga os impostos instituídos pelo município.


2.8- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO E MEIO AMBIENTE

 

  1- Apoio à agricultura familiar

 

1.1- Público-alvo:
Agricultura Familiar.

 

1.2- Área Responsável:
Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente.

 

1.3- O que é o Serviço?
Preparo da terra dos produtores com até 4 módulos.

 

1.4- Quem pode solicitar?
Os produtores e agricultores que estejam devidamente inseridos no cadastro de produtor rural da Secretaria

 

1.5- Quando solicitar?
Poderá ser solicitador com 10 dias de antecedência

 

1.6- Quais os Canais de atendimento para solicitar o serviço?
Telefone: (62) 3334-1144 Ramal: 33
Responsável: Ricardo Ferreira Bezerra das Graças
Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.


1.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?
Documentos pessoais


1.8- Qual o prazo para prestação do serviço?
Conforme agendamento


1.9- Quais as principais etapas do serviço?
-Solicitação
-Programação
-Execução


1.10- Quais as taxas e preços?
R$ 20 a hora trabalhada

 

1.11- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

2- Programa da coleta seletiva- Apoio aos catadores de materiais recicláveis

 

2.1- Público-alvo:

Proprietários Rurais

 

2.1- Área Responsável:

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agrário e Meio Ambiente;

 

2.2- O que é o Serviço?

O serviço consiste para a recuperação de nascentes e áreas degradadas com mudas do Bioma Cerrado.

 

2.3- Quem pode solicitar?

Proprietários rurais

 

2.4- Quando solicitar?

O serviço deve ser agendado com 30 dias de antecedência

 

2.5- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

Telefone: (62) 3334-1144 Ramal: 33

Responsável: Ricardo Ferreira Bezerra das Graças

Presencial: Av. 01, Esq. C/ Rua 05, N.º 594 – Centro- Bonfinópolis GO.

 

2.6- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

Dados pessoais e endereço da propriedade.

 

2.7- Prazo para prestação do serviço?

Conforme agendamento.

 

2.8- Quais as principais etapas do serviço?

-Solicitação

-Programação

-Execução

 

SECRETARIA DE SAÚDE

 

1- Atendimento 24 horas (Dr. Manoel da Silva Garrote)

 

1.1- Público-alvo?

Toda população que necessite do atendimento de urgência e emergência.

 

1.2- Área Responsável?

Secretaria Municipal de Saúde de Bonfinópolis.

 

1.3- O que é o Serviço?

Atendimentos de urgência e emergência.

 

1.4- Quem pode solicitar?

Toda população.

 

1.5- Quando solicitar?

Nos casos que a atenção básica não pode dar uma solução, são encaminhados a emergência.

 

1.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

 E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com 

Telefone: (62) 33341188

Presencial: Avenida Brasília com Rua do Contorno Qd. 1 e 2 Lt 2, 3, 24 e 25, Jardim Ana Amélia.

 

1.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

Em caso de urgência e emergência, o paciente deverá ser levado a unidade de saúde 24 horas com sua documentação pessoal se estiver de posse dela, onde a equipe irá fazer os procedimentos de atendimento, e se necessário, encaminhar ao hospital de referência para atendimento especializado.

 

1.8- Prazo para prestação do serviço?

Atendimento imediato conforme demanda dos serviços.

 

1.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?

Todos os pacientes que procurem a unidade de saúde 24 horas são cadastrados na recepção, encaminhados ao médico para avaliação do quadro, medicados, se necessário, transportados a unidade de referência especializada.

 

1.10- Taxas e Preços?
Feito pela rede pública, sem custos ao paciente.


1.11- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

2- UBS I – ANTÔNIO GONÇALVES DE MELO

 

2.1- Público-alvo?

Toda a população que necessite do atendimento da equipe da atenção básica.

 

2.2- Área Responsável?

Atenção básica através da SMS.

 

2.3- O que é o Serviço?

Atendimentos de baixa complexidade, consultas médicas, de enfermagem, odontológica,

vacinas, curativos e visitas domiciliares por equipe multiprofissional.

 

2.4- Quem pode solicitar?

Toda população do município que pertencer a área da referida unidade de saúde.

 

2.5- Quando solicitar?

Sempre que surgir a necessidade para o serviço ofertado.

 

2.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com 

Telefone: (62) 33341580

Presencial: Avenida Brasília nº. 593, Centro.

 

 2.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

Documentos pessoais, cartão do sus, cartão da família.

Toda a população que tiver necessidade de um atendimento sobre os serviços ofertados.

 

2.8- Prazo para prestação do serviço?

Agendamento conforme demanda e agendamentos.

 

2.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?

Demanda espontânea com agendamento na recepção da unidade, nas visitas feitas pelos profissionais da equipe de saúde da família, triagem, consultas médicas e odontológicas, encaminhamento a exames e a consultas especializadas, retorno e acompanhamento.

 

2.10- Taxas e Preços?

Feito pela rede pública, sem custos ao paciente.

 

 UBS II – MARIA JOSÉ LEÃO

 

3.1- Público-alvo?

Toda a população que necessite do atendimento da equipe da atenção básica.

 

3.2- Área Responsável?

Atenção básica através da SMS.

 

3.3- O que é o Serviço?

Atendimentos de baixa complexidade, consultas médicas, de enfermagem, odontológica,

vacinas, curativos e visitas domiciliares por equipe multiprofissional.

 

3.4- Quem pode solicitar?

Toda população do município que pertencer a área da referida unidade de saúde.

 

3.5- Quando solicitar?

Sempre que surgir a necessidade para o serviço ofertado.

 

3.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com 

Telefone: (62) 33341591

Presencial: Rua Espírito Santo nº 01, Setor Juliana.

 

3.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

Documentos pessoais, cartão do sus, cartão da família.

Toda a população que tiver necessidade de um atendimento sobre os serviços ofertados.

 

3.8- Prazo para prestação do serviço?

Agendamento conforme demanda e agendamentos.

 

3.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?

Demanda espontânea com agendamento na recepção da unidade, nas visitas feitas pelos profissionais da equipe de saúde da família, triagem, consultas médicas e odontológicas, encaminhamento a exames e a consultas especializadas, retorno e acompanhamento.

 

3.10- Taxas e Preços?

Feito pela rede pública, sem custos ao paciente.

 

4- UBS III – DR. MANOEL DA SILVA GARROTE

 

4.1- Público-alvo?

Toda a população que necessite do atendimento da equipe da atenção básica.

 

4.2- Área Responsável?

Atenção básica através da SMS.

 

4.3- O que é o Serviço?

Atendimentos de baixa complexidade, consultas médicas, de enfermagem, odontológica,

vacinas, curativos e visitas domiciliares por equipe multiprofissional.

 

4.4- Quem pode solicitar?

Toda população do município que pertencer a área da referida unidade de saúde.

 

4.5- Quando solicitar?

Sempre que surgir a necessidade para o serviço ofertado.

 

4.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com 

Telefone: (62) 33341120

Presencial: Rua Bambui, Qd QCB, Lt 15, Setor Walter Paulo.

 

4.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

Documentos pessoais, cartão do sus, cartão da família.

Toda a população que tiver necessidade de um atendimento sobre os serviços ofertados.

 

4.8- Prazo para prestação do serviço?

Agendamento conforme demanda e agendamentos.

 

4.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?

Demanda espontânea com agendamento na recepção da unidade, nas visitas feitas pelos profissionais da equipe de saúde da família, triagem, consultas médicas e odontológicas, encaminhamento a exames e a consultas especializadas, retorno e acompanhamento.

 

4.10- Taxas e Preços?

Feito pela rede pública, sem custos ao paciente.

 

5- ATENDIMENTOS ESPECIALIZADOS (PEDIATRA, CARDIOLOGISTA, GINECOLOGISTA, ULTRASSONOGRAFISTA)

 

5.1- Público-alvo?
Toda a população que tiver necessidade dos atendimentos especializados. 


5.2- Área Responsável?
Secretaria Municipal de Saúde e UBSIII Dr. Manoel da Silva Garrote.


5.3- O que é o Serviço?
Ofertas de consultas e exames especializados.


5.4- Quem pode solicitar?
Toda a população encaminhada por médicos da atenção básica ou especializada.


5.5- Quando solicitar?
Conforme necessidade e por encaminhamento de médicos da atenção básica ou especializada.


5.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?
E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com  
Telefone: (62) 33341120
Presencial: Rua Bambui, Ad QCB, Lt 15, Setor Walter Paulo.


5.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?
O paciente deve procurar a unidade de saúde referência e agendar seu atendimento. Levando documentos pessoais, Cartão SUS e comprovante de endereço.


5.8- Prazo para prestação do serviço?
De acordo com o agendamento com prioridade para casos de urgência.


5.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?
Apresentar encaminhamento médico ou solicitação de exames na recepção da unidade de saúde referência, fazer o agendamento e vir no dia marcado para a realização de consultas ou exames. Depois retornar ao médico solicitante para finalizar o diagnóstico e tratamento.


5.10- Taxas e Preços?
Feito pela rede pública sem custos ao paciente.

 

6- NASF ( NUCLEO DE APOIO A SAÚDE DA FAMILIA )

 

6.1- Público-alvo?
Toda a população que necessite do atendimento da equipe multiprofissional.


6.2- Área Responsável?
UBS I, UBS II e UBS III.


6.3- O que é o Serviço?
Os Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF) foram criados pelo Ministério da Saúde, em 2008, com o objetivo de apoiar a consolidação da Atenção Primária no Brasil, ampliando as ofertas de saúde na rede de serviços, assim como a resolutividade, a abrangência e o alvo das ações. Atualmente o programa no município conta com Nutricionista, Psicólogo, Educador Físico.


6.4- Quem pode solicitar?
Toda população do município.


6.5- Quando solicitar?
Sempre que surgir a necessidade para o serviço ofertado.


6.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?
E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com  
Telefone: (62) 33341580, 33341591 ou 33341120
Presencial: Avenida Brasília nº. 593, Centro; Rua Espírito Santo nº. 01, Setor Juliana ou Rua Bambui, Qd QCB, Lt 15, Setor Walter Paulo


6.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?
Documentos pessoais, cartão do sus, cartão da família.
Toda a população que tiver necessidade de um atendimento sobre os serviços ofertados.


6.8- Prazo para prestação do serviço?
Agendamento conforme demanda.


6.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?
Desde o atendimento coletivo ou individualizado, sendo o paciente acompanhado por toda equipe. Com palestras educativas, acompanhamento de obesidade, diabéticos etc. O programa visa ofertar uma qualidade de vida melhor a cada paciente, também realizando o trabalho preventivo na saúde de cada morador. Se houver a necessidade o paciente é encaminhamento ao serviço especializado de média e alta complexidade.

6.10- Taxas e Preços?
Feito pela rede pública, sem custos ao paciente.


6.11- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144

 

7- Fisioterapia

 

7.1- Público-alvo?

Todo paciente que for encaminhado ao serviço para reabilitação.

 

7.2- Área Responsável?

Fisioterapeuta efetiva da SMS.

 

7.3- O que é o Serviço?

Tratamento de reabilitação a pacientes que tem necessidades prescritas por profissional da rede de saúde.

 

7.4- Quem pode solicitar?

Todo paciente que passar por avaliação médica e receber o encaminhamento ao serviço.

 

7.5- Quando solicitar?

Fica a critério e avalição do profissional de saúde que atende o paciente.

 

7.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com 

Telefone: (62) 33341188

Presencial: Avenida Brasília com Rua do Contorno Qd. 1 e 2 Lt 2, 3, 24 e 25, Jardim Ana Amélia.

 

7.8- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

Após avaliação do profissional médico será feito encaminhamento de referência ao serviço.

 

7.9- Prazo para prestação do serviço?

Atendimento com a maior brevidade possível e conforme necessidade do paciente.

 

7.10- Principais etapas do serviço – passo a passo?

Encaminhamento médico especializado, avaliação do profissional fisioterapeuta, planejamento das sessões e monitoramento da resposta ao tratamento.

 

7.11- Taxas e Preços?

Feito pela rede pública, sem custos ao paciente.

 

8- Tratamento Odontológico

 

8.1- Público-alvo?

Toda a população que tiver necessidade dos serviços da saúde bucal

 

8.2- Área Responsável?

Unidades básicas de saúde (USB I e II)

 

8.3- O que é o Serviço?

Tratamentos previstos para serviços odontológicos na atenção básica, profilaxia, obturações, tratamentos de dores, restaurações extrações, palestras educativas.

 

8.4- Quem pode solicitar?

Toda a população que tiver demanda e necessidade do serviço.

 

8.5- Quando solicitar?

Conforme necessidade, pode se agendar um horário para avaliação e conduta.

 

8.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com 

Telefone: (62) 33341580 ou 33341591

Presencial: Avenida Brasília nº. 593, Centro ou Rua Espírito Santo nº. 01, Setor Juliana.

 

8.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

O paciente deve procurar umas das unidades de saúde e agendar seu atendimento para avaliação e conduta. Levando documentos pessoais, Cartão SUS e comprovante de endereço.

 

8.8- Prazo para prestação do serviço?

Agendado e conforme a avaliação odontológica.

 

8.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?

Existem duas unidades de saúde que possuem uma equipe de saúde bucal, onde o paciente faz um agendamento para avaliação e tratamento.

 

8.10- Taxas e Preços?

Feito pela rede pública sem custos ao paciente.

 

9- Regulação Municipal de Bonfinópolis

 

9.1- Público-alvo?

Toda a população que tiver necessidade de consultas especializadas, exames, cirurgias encaminhadas pelo médico da atenção básica e emergência.

 

9.2- Área Responsável?

Secretaria Municipal de Saúde.

 

9.3- O que é o Serviço?

Regulação de serviços que o município não oferece.

 

9.4- Quem pode solicitar?

Toda a população que tiver demanda e necessidade para o serviço.

 

9.5- Quando solicitar?

Conforme necessidade, solicitada por um médico da atenção básica ou emergencial.

 

9.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?

E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com 

Telefone: (62) 33341188

Presencial: Avenida Brasília com Rua do Contorno Qd. 1 e 2 Lt 2, 3, 24 e 25, Jardim Ana Amélia.

 

9.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?

O paciente deve procurar a secretaria de saúde para agendar seu atendimento para avaliação

e conduta. Levando documentos pessoais, Cartão SUS e comprovante de endereço.

 

9.8- Prazo para prestação do serviço?

Em alguns casos de forma imediata, e outros de acordo com o serviço de Regulação de Goiânia (SAMU).

 

9.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?

Existe uma central de regulação municipal onde o paciente leva a solicitação do médico da atenção básica para retirada de vale exames, no caso de exame de média complexidade são disponibilizados na hora, com agendamento prévio marcado. Em exames de alta complexidade, consultas especializadas e cirurgias, são protocolados e posteriormente levados ao executante pactuado.

 

9.10- Taxas e Preços?

Feito pela rede pública, sem custos ao paciente.

 

 

10- Fonoaudiologia

 

10.1- Público-alvo?
Toda a população que necessite do atendimento da equipe multiprofissional.


10.2- Área Responsável?
Secretaria Municipal de Saúde.


10.3- O que é o Serviço?
Tratamento de Atuação: Atendimento Clínico: Linguagem; Avaliação instrumental individualizada nas áreas de fala e linguagem; Intervenção nos atrasos e transtornos da linguagem oral e escrita; Comunicação, consciência fonológica, processamento auditivo, compreensão e interpretação da língua; Motricidade Orofacial; avaliar e adequar possíveis alterações na sucção, mastigação, deglutição, respiração e mímica facial. Teste da linguinha; diagnostico e indicação ao tratamento precoce das limitações dos movimentos da língua.


10.4- Quem pode solicitar?
Toda população do município.


10.5- Quando solicitar?
Sempre que surgir a necessidade para o serviço ofertado.


10.6- Canais de atendimento para solicitar o serviço?
E-mail: secsaudebonfinopolis@gmail.com  
Telefone: (62) 33341188
Presencial: Avenida Brasília com Rua do Contorno Qd. 1 e 2 Lt 2, 3, 24 e 25, Jardim Ana Amélia.


10.7- Requisitos, documentos e informações para solicitar o serviço?
Documentos pessoais, cartão do SUS, cartão da família.
Toda a população que tiver necessidade de um atendimento sobre os serviços ofertados.


10.8- Prazo para prestação do serviço?
Agendamento conforme demanda.


10.9- Principais etapas do serviço – passo a passo?
O paciente com a contra referência indicada pelo médico da atenção especializada em mãos, pode procurar a secretaria municipal de saúde, para solicitar o agendamento da consulta com a fonoaudióloga.

 

10.10- Taxas e Preços?
Feito pela rede pública, sem custos ao paciente.


10.11- Manifestação do Usuário:
Elogios, dúvidas ou reclamações do serviço prestado? Acesse nossa ouvidoria através de:
http://acessoainformacao.bonfinopolis.go.gov.br/cidadao/ouvidoria/denuncia 
Ou pelo telefone: (62) 3334-1144